Consultoria Eleitoral

Ministério da Saúde desvia verba direta do combate à pandemia para abastecer aliados do centrão

Remanejamento de recursos é uma das fórmulas que o governo tem usado para conseguir o apoio desse setor e garantir uma maioria parlamentar a seu favor, inclusive incitando a disputa entre os parlamentares por essas verbas

estadão conteúdo

Dados recentemente revelados pelo próprio Ministério da Saúde indicam que a verba destinada às ações diretas da pasta no combate à epidemia de covid-19 teve uma redução importante: dos 10,3 bilhões de reais previstos inicialmente, para 7,6 bilhões registrados agora.

 

Esses valores correspondem aos gastos diretos do Ministério para abastecer os centros de saúde em todos países, através da compra de respiradores, de equipamentos de proteção individual e insumos diversos.


Porém, o destino desses recursos também é um ponto interessante. Boa parte deles foi desviada para estados e municípios, para financiar ações de saúde nesses locais – as quais não estariam necessariamente ligadas ao combate à pandemia.

 

Esse remanejamento é uma das fórmulas que o governo tem usado para conseguir recursos necessários para seduzir o chamado “centrão”, e garantir uma maioria parlamentar a seu favor, inclusive incitando a disputa entre os parlamentares por essas verbas.


Consultoria Eleitoral

Visite o website: http://consultoriaeleitoral.com