Consultoria Eleitoral

Hacker prejudica Moro, mas não liberta Lula

José Nêumanne
Estadão Conteúdo

O hacker que invadiu a privacidade da comunicação entre o juiz Sérgio Moro e os procuradores da Lava Jato, particularmente Deltan Dallagnol, o coordenador da força-tarefa, conseguiu, ao ter o resultado de seu crime publicado no jornal online The Intercept Brasil e, em consequência, nos meios de comunicação em geral reproduzido, infernizar a vida dos agentes da lei que encarceraram Lula.

 

Mas dificilmente terá como resultado da divulgação dos posts de Telegram entre julgador e acusadores a libertação do petista, que é réu em sete processos e, no caso em questão, do tríplex do Guarujá, condenado por unanimidade (8 a 0) e nas duas instâncias superiores, o TRF 4 e o STJ, a confirmação dessa condenação.

 

Do ponto de vista jurídico, está sendo, como definiu FHC, “uma tempestade num copo d’água”.

 


Consultoria Eleitoral

Visite o website: http://consultoriaeleitoral.com